Varizes na adolescência

Varizes na adolescência

Garotas com varizes na adolescência

Por que as mulheres mais jovens também sofrem com varizes?

Geralmente as varizes são mais comuns em pessoas de meia idade e idosos, devido aos acontecimentos naturais do organismo. A tendência é que o quadro venha  evoluir com o passar do tempo por conta da dilatação das veias.

Agendar uma consulta

Gostou desta explicação?

Compartilhe com seus amigos.

Nas jovens mulheres, as varizes surgem geralmente como herança genética  do pai ou da mãe. Mas outros fatores como o uso precoce de anticoncepcionais, que contém estrógeno e progesterona, hormônios femininos,  são maléficos ao sistema venoso. 
O sedentarismo e obesidade também favorecem para que mulheres mais
jovens comecem a ter este problema. 

Outros acontecimentos como a gestação abaixo dos 20 anos também fazem com que as varizes se desenvolvam, e os sintomas são os mesmos de pessoas mais velhas, porém com uma incidência menor e com maiores chances de prevenção. 

Se a jovem constatar algumas saliências nas pernas, como um pequeno calombo macio e sintomas como dor, sensação de peso ou cansaço nas pernas, queimação, inchaço e manchas escuras nos tornozelos, é importante consultar um médico, pois pode ser o início de um problema vascular. 
Sem os devidos cuidados as varizes podem alcançar uma fase mais avançada e profunda, que consiste em sangramentos exteriores ou hemorragias internas, a tromboflebite que é a formação de coágulos nas veias deixando-as duras, doloridas e vermelhas, e em seu estágio final podem gerar feridas e úlceras. 

Em que idade as varizes mais aparecem?

A doença se manifesta principalmente entre os 20 e os 50 anos de idade, e é rara em crianças. O paciente só procura o médico quando começa a sentir dor, mas muitas vezes esse sintoma não aparece. A pessoa deve procurar um médico angiologista para avaliar e diagnosticar a presença de vasos doentes. Quanto mais cedo o tratamento, melhor, pois evita o agravamento. Varizes podem ser controladas, por isso, escolha cuidar de sua saúde, previna-se e não espere a doença evoluir.

Ficar em pé ou sentado por longos períodos favorecem o aparecimento de varizes? 

Sim. Essas posições dificultam a circulação e é justamente assim que as varizes aparecem. Estando em movimento fazemos funcionar o coração periférico, que impulsiona o sangue para cima evitando o aparecimento de varizes. E quando estamos deitados o coração fica no mesmo nível da perna, o que facilita o retorno do sangue. Se estivermos com os pés elevados, o coração fica para baixo e os pés para cima, e desse modo o retorno sanguíneo é muito favorecido.

Como as garotas podem se prevenir das varizes?

Para prevenir as tão indesejadas saliências nas pernas é bom conversar com seu médico sobre o uso do anticoncepcional e evitar o sedentarismo. Faça exercícios aeróbicos, como: bicicleta, caminhada, esteira e natação. Exercícios aeróbicos fazem com que os músculos massageiem o sistema venoso e empurrem o sangue no sentido ascendente, impulsionando-o ao coração e aos pulmões.

O salto alto também prejudica as garotas?

Depende. Devido às tendências da moda, hoje em dia meninas começam utilizar sapato com salto como um acessório indispensável. O problema é que se for usado por muito tempo ele pode ocasionar as varizes, que além de comprometerem a saúde também podem prejudicar a estética das pernas. 
Pelo fato de não oferecerem uma posição confortável aos pés, a circulação nessa região pode ser afetada pelo salto, o que provoca as varizes. Na grande maioria dos casos, elas causam dores nas pernas, coceira, câimbra, inchaço, dentre outros.
Às vezes, em situações mais graves, é necessário um procedimento cirúrgico para amenizar esse problema. Entretanto, lembre-se de que você pode evitá-lo. Para isso, procure variar na altura dos saltos (altos e baixos) e que não ofereçam desconforto aos seus pés. As garotas devem tomar cuidado na escolha da altura do salto. O ideal é entre 2,5 e 6 cm de altura, para que a circulação do sangue na perna não seja prejudicada.

O que deve ser evitado pelas jovens mulheres?

• Não usar roupas muito apertadas que dificultem o retorno venoso;

• Usar preferencialmente calçados com salto em torno de 4 cm de altura e com boa base;

• Fazer breves repousos com as pernas elevadas, não colocando almofadas ou travesseiros sob os joelhos, a fim de não comprimir as veias aí localizadas;

• Praticar exercícios físicos que ativem a musculatura da panturrilha. As ginásticas, a caminhada e esportes como a natação, ciclismo e hidroginástica são especialmente recomendáveis. São contra-indicados, no entanto, todo esporte praticado em alto nível competitivo (geralmente atletas profissionais)  podem causar varizes, como o futebol, o tênis, o vôlei, o basquete, e aqueles de esforço estático, como o halterofilismo, pois o aumento da pressão abdominal que ele provoca prejudica o retorno venoso.

Solicite sempre orientação de um médico antes de tomar qualquer decisão.
Envie um e-mail em caso de dúvidas.

Caso queira envie uma pergunta,
ou agende uma consulta

Sua mensagem

Nome

E-mail

Telefone fixo

Celular

Motivo do seu contato

Cirurgia de VarizesCirurgia da safenaDores nas pernasSecagem de vasinhosMedicina do esporte

captcha

ATENDIMENTO

11. 3798-1117

11. 99943-2966

CLINICA PERDIZES / SUMARÉ - SP
PRAÇA DR. SILAS BOTELHO, 12
11. 3798-1117 | 99943-2966
VEJA COMO CHEGAR
Esquina com a Av. Sumaré, próxima a Estação de Metrô Sumaré, Av. Dr. Arnaldo, Av. Paulo VI, Rua Heitor Penteado e Rua Cardoso de Almeida.
CLINICA CENTRO - SP
PRAÇA DOM JOSÉ GASPAR, 30 - 6° ANDAR
11. 3255-7266 | 3255-7666 | 99943-2958
VEJA COMO CHEGAR
Clinica próxima da República, Rua 7 de Abril, São Bento, Santa Cecilia, Higienópolis, Av. Consolação e 9 de Julho e Anhagabaú.
CLINICA MOEMA - SP
ALAMEDA DOS AICÁS, 808
11. 3798-1116 | 99943-2966
VEJA COMO CHEGAR




Clinica de Angiologia e Medicina do Esporte. Especialista no tratamento de varizes e tratamentos preventivos através do esporte. Copy Right © 2018 Clinica de varizes e medicina do esporte Dr. Fernando Soares Moreira. Todos os direitos reservados. www.FernandoMed.com.br
ATENÇÃO!
As informações oferecidas por este site de varizes não substituem o acompanhamento dos médicos especialistas em Angiologia, Cirurgia Vascular e Medicina do Esporte.